O Fim das Curtidas do Instagram! Será Positivo ou Negativo?

O

As redes sociais, de uma forma geral, ganharam um papel muito importante na vida das pessoas, principalmente nas gerações mais jovens. Porém, até onde essa relação está sendo saudável é o que mais incomoda especialistas e, principalmente, profissionais da saúde. A quantidade de curtidas do Instagram, por exemplo, virou sinônimo de sucesso, beleza e status social.

A busca pela imagem perfeita somada à curiosidade de acompanhar e saber o resultado de outras pessoas tem feito com que milhares de pessoas arrisquem suas carreiras, atividades e saúde nas redes sociais. As imagens publicadas, muitas vezes editadas, para garantir as curtidas do Instagram tornaram-se um troféu.

Por muito tempo, os administradores dessas plataformas demonstraram pouca preocupação com essas reações e relações com seus produtos. Porém, recentemente as empresas notaram que a busca incessante por curtidas no Instagram e a ressignificação de sentimentos relacionados a isso tem prejudicado o convívio social e gerado diversos problemas e casos graves de bullying, ansiedade, depressão, distúrbios alimentares, distúrbios do sono e uma série de outros problemas sociais.

Em nota, um representante do Instagram afirmou que a empresa não compactua com a ideia de ter criado uma competição, a nível mundial, entre as pessoas. A ideia inicial da plataforma era apenas de promover uma melhor interação entre as pessoas. Logo, eles acreditam que, ao declarar o fim das curtidas do Instagram estão reduzindo esse sentimento competitivo e promovendo o que realmente importa nesse ambiente: interesse pelo conteúdo.

As curtidas do Instagram vão sumir?

Ao contrário do que algumas pessoas acreditaram, as curtidas não irão sumir das fotos, porém não serão mais exibidas para os usuários. A única pessoa autorizada a verificar a quantidade de curtidas em uma determinada postagem é o usuário que a postou. O mesmo vale para as visualizações dos vídeos e as postagens no Ig TV.

A falta de divulgação do alcance das postagens obriga aos usuários a postar conteúdos, de fato, relevantes ao público, para que continuem no radar e nas buscas das pessoas. Porém, isso não garante a redução dos outros problemas sociais relacionados a essa relação entre as pessoas e as redes sociais.

Quem se beneficia com isso?

Ainda existe bastante especulação em torno dessas alterações das configurações das curtidas do Instagram. Muitos acreditam que na verdade se trata de uma estratégia com o objetivo de gerar cobranças aos usuários influenciadores e marcas futuramente.

Outros acreditam que a atualização da plataforma foi feita exatamente para impulsionar a busca por qualidade e relevância dos conteúdos postados, uma vez que, nos últimos anos, algumas pessoas se beneficiaram utilizando de recursos pouco legítimos e nada orgânicos para ganhar visibilidade nas redes.

Há ainda quem acredite que se trata de uma estratégia de bloquear as ações de hackers e o comércio clandestino de curtidas do Instagram, amigos e seguidores que alguns usuários pagavam para obter mais lucros e respostas dos negócios através da plataforma.

A verdade é que o resultado pode e tende a gerar ganhos em todos esses setores, porém assim como as pessoas descobriram formas de driblar os sistemas de segurança anteriores, podemos acreditar que em breve surgirão novas formas de driblar essa modificação também.

Outro ponto importante a ser considerado é que, de fato, as curtidas e visualizações nos conteúdos mostravam um interesse crescente por uma criação da realidade que, muitas vezes, podem ser mentirosas e enganosas, causando muitos problemas para alguns usuários.

Como você está vendo essa mudança? Curtiu ou não curtiu?

About the author

Ricardo Nogueira