Industria 4.0 x Internet das Coisas

I

Os avanços tecnológicos dos últimos anos mudaram completamente a nossa percepção sobre diversos assuntos e, principalmente, sobre o nosso trabalho e nosso jeito de trabalhar e produzir. O conceito de indústria 4.0 chegou, então, como mais uma inovação e melhoria para aperfeiçoar e desenvolver nosso ambiente de trabalho e, também, os nossos resultados.

Se você ainda não ouviu falar ou se já ouviu, mas ainda não domina ou sequer entende do que se trata a indústria 4.0 é bom começar a se atualizar urgentemente para não ficar para trás no mercado de trabalho.

O que é a indústria 4.0?

De forma bastante resumida, a indústria 4.0 corresponde a mais recente revolução industrial, ou seja, a quarta revolução industrial. Assim como os conceitos de indústria 1.0, 2.0 e 3.0 correspondem, respectivamente, à primeira, segunda e terceira revolução industrial.

Assim como as revoluções industriais anteriores, a indústria 4.0 também prevê uma mudança tecnológica mundial. Enquanto a indústria 1.0, mudou o processo de fabricação com a entrada de máquinas e alterações nos modelos de fabricação, a indústria 2.0 tem como característica marcante a entrada dos meios de comunicação, exploração petróleo e o desenvolvimento de metodologias de gestão que visavam aumento de produtividade e redução de custos. Já a indústria 3.0 pode ser destaca pela automatização de alguns processos industriais e o desenvolvimento de tecnologias que substituíram a mão de obra por equipamentos inteligentes, como computadores e comandos.

A indústria 4.0, por sua vez, engloba o que há de mais moderno em tecnologia, otimizando ainda mais os processos de produção, aumentando a conectividade dos equipamentos e reduzindo, principalmente, o tempo e o custo dos processos.

Principais características e vantagens da indústria 4.0

Conforme dito anteriormente, o conceito de indústria 4.0 visa, principalmente, o aumento da conectividade e da tecnologia dos equipamentos. Um dos principais atrativos dessa revolução é a utilização de máquinas cada vez mais inteligentes e capazes de substituir a mão de obra humana dentro das fábricas.

Conceitos como “internet das coisas”, conectividade, interação e velocidade são comuns quando falamos sobre a indústria 4.0. Isso porque, a revolução prevê um ambiente de produção operado por máquinas e robores, capazes de tomar decisões conforme o cenário e o comando a que está submetido.

Algumas pessoas, contudo, ainda se assustam com essa tecnologia, porém vale ressaltar que tais modificações promovem:

  • Redução no risco e na ocorrência de acidentes
  • Maior previsão de falhas
  • Mais planejamento e controle de produção,
  • Redução dos custos operacionais no médio e longo prazo.

Como se preparar para a indústria 4.0?

Não se desespere, você não precisa ser um mestre da tecnologia e computação para conseguir se preparar e se manter no mercado com as inovações da indústria 4.0. Porém, é fundamental que você invista no seu desenvolvimento pessoal e profissional e se mantenha atualizado quanto às mudanças tecnológicas.

Se você já está no mercado de trabalho, pesquise sobre as últimas tecnologias desenvolvidas para o seu setor. Em alguns casos, é possível encontrar cursos gratuitos pela internet, de forma fácil e rápida.

Mas, se você se encontra fora do mercado de trabalho, fique calmo. Aproveite o tempo que tiver para estudar as tecnologias de uma forma mais genérica e abrangente e escolha aquela com a qual mais se identificar ou mais perceber demanda do mercado. Além de se manter atualizado, você aumentará a sua empregabilidade.

A verdade é que a indústria 4.0 está mudando completamente o mercado de trabalho e quem não acompanhar essas mudanças dificilmente conseguirá se manter nele por muito tempo.

About the author

itala