O que é API? Entenda de maneira fácil

O

Com os avanços tecnológicos e a velocidade com que as informações circulam atualmente, o ambiente, a sociedade e os negócios mudam constantemente, acompanhando as demandas e variações. Para manter-se, então, competitivo nesse ambiente, para garantir a produtividade das empresas é preciso, cada vez mais, produzir de forma eficiente, com o menor custo possível e de forma integrada.

Porém, em um ambiente tão veloz, a integração das informações e das atividades, consequentemente, pode ser um verdadeiro desafio para alguns negócios. Principalmente, para quem está começando o próprio negócio, é fundamental contar com uma parcela desses investimentos em tecnologia da informação, aplicativos e softwares que tenham a capacidade de garantir a integração entre os indicadores de performance afim de agregar valor as estratégias e ao produto / serviço em si.

Nesse cenário, o uso dos APIs se torna essencial para as empresas. Pensado nisso, nesse artigo, buscamos responder à principais dúvidas em torno do assunto.

O que são APIs?

A sigla API vem do termo em inglês Application Programing Interface, que em tradução livre, significa interface de programação de aplicativos. Ou seja, uma aplicação que permite que um determinado software se comunique ou interaja com algum outro, promovendo uma integração das informações e do ambiente de trabalho, consequentemente, o que pode reduzir o índice de retrabalho ou duplicidade de atividades, por exemplo.

Logo, o objetivo principal para o uso e aplicação de APIs em uma empresa é exatamente aumentar a sua produtividade, a segurança das informações e, dessa forma, aumentar os resultados dos negócios.

Porém, para garantir que todos esses desejos sejam alcançados é preciso ter clareza do real objetivo que se pretende  traçar uma estratégia clara e robusta, que envolva a maior quantidade de variáveis do negócio assim como também tenha acesso a informações e dados de qualidade.

 
Integrando com APIs

A integração dos negócios através das APIs funciona de forma similar a um processo de compra online. Você, enquanto cliente, acessa um determinado site e faz um pedido de compra.

A administração do site ou fornecedor, interpreta o seu pedido e articula os meios de entregá-lo a você.

Esse é o papel das APIs: receber o pedido de um ponto de partida, nesse caso de um cliente, processá-lo de forma adequada, e depois levar o produto até o cliente, como resposta do seu pedido.

As APIs, então, tem a função de receber uma informação ou questionamento e transformá-la em uma resposta. Sua aplicação elimina, por exemplo, a atividade de receber uma determinada informação em uma planilha e ter que transportá-la para outro programa afim de obter a resposta desejada.

Como aumentar a produtividade de empresas com o uso de APIs

Com a descrição do funcionamento dada anteriormente, fica claro como o uso e aplicação de APIs aos negócios é capaz de aumentar a produtividade e alavancar os resultados de uma empresa.

Quando analisamos, porém, uma única atividade (uma única compra online) isso pode não ser muito claro. Contudo, imagine a situação que você more em um condomínio, onde residem outras 150 pessoas. Todos vocês desejam comprar um livro em um mesmo site de compras online. Imagine, agora, que a administração desse site, precise atender todos os esses pedidos de forma simultânea e entregá-los na mesma data. Se o administrador decidir por processar e entregar um pedido de cada vez na ordem com que chegam à sua “mesa” certamente o dono do ultimo pedido terá que esperar bastante.

Porém, se esse administrador utilizado uma API, ele conseguirá ler e programar os 150 pedidos de forma simultânea e, principalmente, instantânea, garantindo a entrega no menor espaço de tempo possível e aumentando, consideravelmente, sua produtividade nas compras online.

Se você não estava cogitando utilizar uma API nos seus negócios para aumentar a produtividade da sua empresa, é melhor pensar com mais carinho a respeito.

About the author

itala